Visitante

11 de nov de 2009

Na contramão





Por que andar na contramão
se é tão mais cômodo seguir o fluxo
desligar o cérebro e
se perder na multidão?

 ©2009, fccdp

17 comentários:

Adriana Karnal disse...

Fátima,
muito sábio poemeto. Porque sem perceber vamos pela contramão?
Só pode dar zebra mesmo,rs.

Maria Augusta disse...

Fátima, que belo poema, curto mas cheio de verdade. Você tem razão, seguir o fluxo é mais fácil...mas tenho uma certa tendência a ser "do contra" e às vezes tentar navegar por mares nunca dantes navegados e isto às vezes me coloca em belas enrascadas rs.
Beijos e um lindo dia para você.

Mylla Galvão disse...

Fátima,
Andar na conttra-mão te dá uma certa "notoriedade"...
Faz as pessoas te virem com outros olhos...
Nunca fui de me misturar ao meio da multidão... Não gosto de mta gente ao redor de mim...
Prefiro mais o silêncio...
Sempre fui do Contra...

xaudades de vc!!!

bjão

Georgia disse...

Fátima, mulheres de personalidades fortes nao conseguem por muito tempo seguir o fluxo seja ele qual for.

beijos

Eduardo P.L disse...

Na contra mão deste post, e dando zebra completo neste comentário: Fátima, por que "BOA BALTAZAR"?

.Lis disse...

Fatima
desligar o cérebro é saudável e na contramao tem que ter ousadia , pode ser fatal!! rsrs
Abraços

stiletto disse...

Ir na corrente é maus fácil mas andar em contramão é bem mais divertido. Eu sempre tive medo de andar em contramão, sou mesmo mais de ir na corrente...

Fatima Cristina disse...

Olá Adriana!

Nem sempre dá para seguirmos a via cômoda do fluxo maior. Outras, às vezes, parecem ser bem mais interessantes. Mas, se não tomarmos cuidado podemos encarar uma contramão no meio do caminho! Se inteligentes e preparados, a enfrentamos e desviamos na hora certa. Mas a dúvida permanece na questão do post...

Ih... acho que me enrolei..

Beijos!

Fatima Cristina disse...

Oi Maria Augusta!

Como eu te endendo...

Beijos!

Fatima Cristina disse...

Olá Mylla!

Visitei a sua "Contramão" no "Lua Imaginada". Acho que o meu post lhe inspirou bem. Você pegou a minha crítica e a respondeu com primor e transparência.

Eu sempre rompo os caminhos fáceis à procura de outro mais interessantes, porém muitas vezes na "contramão"!

Beijos!

Fatima Cristina disse...

Oi Georgia!

É isso aí...
Seguir o fluxo?
Só se for na "contramão"!

Beijos!

Fatima Cristina disse...

Eduardo!

Seu comentário me alegrou, pois ele entrou totalmente no espírito desse post e se lançou completamente na contramão!

A resposta vai seguindo o fluxo:
"Boa Baltazar!" era a espressão que minha avó materna sempre usava, quando queria dizer que algo tinha sido "muito bem feito"! Que pretensão aminha, não?

Beijos!

Fatima Cristina disse...

Oi Lis!

Ousar às vezes também é preciso.

Beijos!

Fatima Cristina disse...

Oi Stiletto!

Sim, andar em contramão é bem mais divertido. Mas também, muito mais desafiador e perigoso. Tenhamos Cuidado!

Beijos

Selena Sartorelo disse...

Olá Fatima, Acabei de escrever alguma semelhante lá no facebook, mas infelizmente sem essa leveza que só você tem rsrs!! Mas acho que se tivermos bom humor dá, não dá? socorro rsrsrs!!!!!!!!

beijos

Fatima Cristina disse...

Oi Selena!
Sem humor fica tudo difícil!
Valeu pelo comentário.
Beijos!

Fatima Cristina disse...

Eduardo,

... me desculpe... agora que vi que escrevi "eXpressão" errado no comentário anterior.

Beijos!

Galeria de visitantes

O "Boa Baltazar" possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Últimos 25 posts

Ocorreu um erro neste gadget

translator/übersetzer/ traducteur/μεταφράστης ...

Ocorreu um erro neste gadget

Wikipedia Search

tráfico de visitas...