Visitante

20 de abr de 2010

Releitura:"Minhas experiências no 456"



" ... Eu até já havia me acostumado a viajar em pé, pois estava sempre atrasada pela manhã e não podia me dar o direito de esperar pelo próximo ônibus. Tinha desenvolvido uma técnica especial para me equilibrar melhor, com meus livros e apostilas e mais a bolsa a tiracolo de um lado, e do outro lado o braço ao alto segurando a barra de ferro do teto, enquanto o motorista entrava com toda vontade na curva súbita da saída do túnel e em todas as outras também. Era uma rotina desconfortável e por muitas vezes previsível... "



...leia todo o texto aqui...


texto original escrito em 07/05/2007.

9 comentários:

Maria Augusta disse...

Fátima, fui conhecer tuas viagens no 456 e ri muito com o babão que quase estragou teus cadernos. Você tem razão, hoje em dia com os celulares as pessoas devem conversar com quem está longe e não com quem está ao lado...
Eu também vivi o problema quando além dos cadernos e livros levava a enorme régua "T"...e sofria naquelas curvas das rotatórias da Cidade Universitária da USP, pegava todas pois ia até o ponto final rs.
Um grande beijo para você.

Wania disse...

Fátima

A gente passa por cada uma... mas uma baba gosmenta nos teus cadernos, isso ninguém merece...rsrsrs! Prefiro me equilibrar com tudo e de pé!!!


Bj grande

Manifesto Interno disse...

Oi Fá!!!

Genial o seu texto!!!

Já disse antes que ainda terei o prazer de ter um livro seu autografado por vc mesma?? É sério...

"A cada dia eu ampliava em silêncio o meu banco de conhecimento sobre aquela comunidade de organização informal, como se assistisse capítulos de uma novela de segunda à sexta-feira.."

Nossa.. adoro, adoro essa forma magnética de escrever, (Pense no livro, heim?!)


Vim aqui tb para pedir que qdo puder, dê uma passadinha em meu blog, a Mírian minha irmã faz aniversário hoje, e fiz um post para ela. Como ela não tem atualizado seu blog, a festinha é lá no meu mesmo...^^

Obrigada, amiga!
Ester.~

Fatima Cristina disse...

Oi Maria Augusta,

Você riu com o babão do ônibus?
Pois é, agora até eu acho graça também!

A sua experiência com a régua T deve ter sido muito pior do que a minha. Já escreveu sobre ela?

Beijos!

Fatima Cristina disse...

Oi Wania!

Nínguém merece mesmo!
Continue se equilibrando de pé que é bem melhor!

Beijos!

Fatima Cristina disse...

Ester!

Obrigada pelo incentivo.
O livro pode sair algum dia... quem sabe?

Já fui lá!

Beijos!

Fatima Cristina disse...

lis disse...

Oi Fátima
Já dei risada com esse senhor babão! que cena mais sinistra hem? rsrs
complicado também quando o ônibus apinhado assim, dá o seu sinal , voce precisa descer no proximo ponto e seus pertences estão com alguém que naquela confusão acabou se distanciando, aí é braço pra todo lado , o maor sufoco pra conseguir recolher o pacote!! rs já aconteceu comigo kkk podem me oferecer a vontade que nao aceito mais rsrs
Essas recordaçãoes de idas e vindas de faculdade são gostosas pra dar risadas depois.!
amanhã se puder, faça aquela visitinha básica lá na minha "casa" , tem surpresa ! rs
abraços
10:59 PM, Abril 25, 2010
--------------------------------

Oi Lis,

Ônibus lotado só mesmo em último caso...
Naquela época era uma rotina, agora uma lembrança.

Já fui lá e adorei a surpresa.

Beijos!

Fatima Cristina disse...

Juliêta Barbosa disse...

Fátima,

Apesar da cena grotesca acredito que deve ser uma experiência interessante poder participar dos dramas do cotidiano dessa gente tão sofrida.Bjs
8:22 PM, Abril 26, 2010

-----------------------

Oi Juliêta,

Sim foi uma experiência de muitos anos. As pessoas não me pareciam nada sofridas...

Beijos!

Fatima Cristina disse...

Georgia disse...

kakakakakkaak, Fátima eu o teria acordado uma boa, putz, babar em cima dos cadernos, eca!

Olha, conheco o Méier, eu ia às vezes ali na igreja Batista do Méier que fica numa subida de uma rua bem conhecida e também meu dentista era ali perto dos Bombeiros.

O Méier sempre foi conhecido por suas lojas e bairro legal de se morar.


E que causo esse o seu, hen!
Já tinha vindo aqui ontem, mas nao tinha muito tempo para ler todo esse teu texto...

Um beijao sem baba por favor, rs.
3:12 PM, Abril 27, 2010
------------------------------------

Oi Georgia,

A rua que você falou é a Emengarda...

O texto é grande para ser post, mas enfim algumas pessoas como vocês conseguem acahr um tempinho para lê-lo.

Valeu!
Beijos!

Galeria de visitantes

O "Boa Baltazar" possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Últimos 25 posts

Ocorreu um erro neste gadget

translator/übersetzer/ traducteur/μεταφράστης ...

Ocorreu um erro neste gadget

Wikipedia Search

tráfico de visitas...